0

Intervenção Online do Reverendo Hernandes Dias Lopes

    1,00 Kz 1,00 Kz 1.0 AOA

    1,00 Kz

    Option not available

    This combination does not exist.

    Adicionar ao Carrinho

    Intervenção Online do Reverendo Hernandes Dias Lopes em colaboração com a Editora Hagnos, a Livraria Prazer de Ler e o Movimento de Avivamento de Angola

    Conceito: Volvidos 7 meses após o advento da Pandemia da COVID-19, a igreja e o mundo ainda estão a braços como o incógnito. Muitos buscam explanação para entender o que acaba de os atingir. A Pandemia, o confinamento e as restrições daí advenientes, afectam todo mundo, desde a liderança, os membros, as crianças e até à missão da própria igreja. No intuito de levar a cabo a sua missão, algumas igrejas fazem de tudo um pouco para sobreviver, evangelizando nas redes sociais, imprensa escrita, electrónica e televisiva. Outros abandonaram o seu posto por completo, por falta de recursos de vária ordem.
    Mas qual é realmente o papel da igreja neste momento?
    Qual é a vontade de Deus?
    Há alguma experiência nos anais da história e no cânone que possa orientar os santos de Deus?
    O que poderá advir deste fenómeno? Como curar os seus soldados feridos e se manter coesa?
    O que deve a igreja fazer para não se esfriar, mas para redescobrir e intensificar a sua missão?

    Sugestão de tema: Tema 1 – A Igreja de Jesus Cristo em Meio à Pandemia

    Público Alvo: A igreja e a sociedade no seu geral. Sessão aberta.

    Enquadramento: Qual é a proveniência da COVID-19: Deus, o homem ou o Diabo? A missão da igreja em tempos de crise tal como a COVID-19. Com deve a igreja comportar-se face a isto relativamente a si e relativamente à sociedade. Pontos a frisar: o relacionamento do cristão com o que é material, questões relacionadas ao carácter, consistência de proclamação vs vivência do evangelho, mesmo sob pressão, pois parece um declínio no comprometimento pessoal e colectivo. O crescimento pessoal. Como a igreja deve sustentar espiritual e materialmente dos seus membros. Também tocar na cronologia dos últimos tempos e mostrar onde nós estamos e qual deve ser a nossa reacção. Será que as novas vacinas, 5G e outras teorias configuram a marca da besta? Qual deve ser o posicionamento do Cristão? As Novas dinâmicas de igreja lidar com as novas tendências, como não se perder no tempo e no espaço das eventuais novas exigências.

    Duração: 2 horas.

    Sugestão de tema: Tema 2: O Líder e a sua Missão em Tempos de Crise

    Público Alvo: Liderança Eclesiástica. Sessão fechada.

    Enquadramento: A liderança está em crise. A crise revela o défice de formação e discipulado da liderança. Alguns parecem ter perdido de vista o seu carácter de integridade de pessoa e responsabilidade.

    Configuração: Mini-cimeira de líderes - Ministração, interacção, formação

    Duração: 4 horas.

    Sugestão de tema: Tema 3 – O Avivamento

    Público Alvo: A Igreja e a sociedade em geral. Sessão aberta Enquadramento:

    A restauração do fervor espiritual da igreja – com base nas 7 Cartas de Apocalipse*. Despertar a igreja para a tomada de consciência para mudança. Alcance evangelístico, chamando atenção para o arrependimento geral, os perigos da aderência a doutrinas humanas da nova era, etc.

    Configuração – Ministração. Interagir com as pessoas. Configuração: Ministração, interacção, formação Duração: 2 horas.
    Observações: